Agora na Rádio Encantado

Mais três estações meteorológicas são instaladas no RS

Quarta, 18 de Novembro de 2020
Novas estações melhorarão o monitoramento agroclimático do Estado

 

O Rio Grande do Sul recebeu três novas estações meteorológicas nos municípios de Bossoroca, Jaguari e São Borja na semana passada. Elas farão monitoramento das condições climáticas em tempo real. Até dezembro, serão 20 estações espalhadas no Estado, gerando dados diversos sobre umidade, temperatura, vento, chuva e radiação, entre outros.

As estações estão sendo instaladas em regiões onde ocorreram registros de deriva do herbicida 2,4-D. Elas são fruto de uma parceria entre Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Ministério Público Estadual e empresas de herbicidas, além de prefeituras, universidades e sindicatos.

-Uma rede de estações, quanto mais densa, quanto maior for, melhor serão as informações geradas. Então, além das estações ajudarem a monitorar as condições ideais para fazer a aplicação do 2,4-D e qualquer outro produto fitossanitário, elas vão melhorar o monitoramento agroclimático do Estado, disponibilizando uma informação mais segura para o produtor do Rio Grande do Sul-, afirma o meteorologista Flávio Varone, da Seapdr.

-O Rio Grande do Sul enfrente diversos desafios climáticos com frequência, desde estiagem até excesso de chuvas, granizo, geadas etc. Não podemos interferir na natureza, mas com a instalação das unidades de monitoramento teremos mais facilidade em prevenir estragos e amenizar impactos. Um bem valiosíssimo para todos os agricultores gaúchos-, destaca o secretário Covatti Filho.

Na próxima sexta-feira (20), devem ser instaladas as estações de São Francisco de Paula e Caxias do Sul, ficando faltando as dos municípios de Porto Vera Cruz e Aceguá.

Simagro

A partir da instalação das estações meteorológicas, o Rio Grande do Sul terá nos próximos meses um sistema próprio, o Sistema de Monitoramento e Alertas Agroclimáticos (Simagro), que gerará informação própria de tempo e clima.

-Nós vamos gerar produtos para todos os 497 municípios do Rio Grande do Sul. Vamos gerar, além do índice de aplicação do 2,4-D, os mais diversos produtos como monitoramento da ferrugem da soja, algum produto para o arroz, a oliveira, a uva, entre outras culturas-, disse Varone. O sistema estará disponível gratuitamente para o produtor gaúcho por meio do site da secretaria.

Texto: Governo do RS
Foto: Juliano Ritter

Compartilhe esta notícia:

Grupo Encantado de Comunicação


O Grupo Encantado de Comunicação - GECom - é integrado pelas Rádios Encantado, Onda 97 e Jornal Opinião Vale do Taquari.

Entre em contato


(51) 99988-1543

(51) 3751-1580

Redes Sociais


2019 © Grupo Encantado de Comunicação | Todos os Direitos Reservados