Agora na Rádio Encantado

Brasil gera 260.353 empregos formais em janeiro

Quarta, 17 de Março de 2021
O setor de Indústria gerou 90.431 postos de trabalho

 

O Brasil gerou 260.353 postos de trabalho formais no primeiro mês do ano de acordo com o Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged). O saldo foi resultado de 1.527.083 admissões e 1.266.730 desligamentos. O resultado é o melhor para o mês desde o início da série histórica em 1992.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que tudo indica a retomada da economia brasileira. -Há sinais, seja no índice de atividade do Banco Central, seja na criação de empregos do Caged, seja na arrecadação da Receita Federal, há sinais por toda parte que a economia brasileira está de novo decolando.

Guedes destacou ainda a importância da criação do Programa Emergencial de Preservação da Renda e do Emprego (BEm) no ano passado, que permitiu a preservação de 11 milhões de empregos com mais de 20 milhões de contratos assinados.

BEm

O programa foi criado em abril para preservar empregos que ficaram ameaçados pelo impacto do novo coronavírus na economia. Para isso, autoriza empresas, quando houver acordo entre empregador e empregado, a reduzirem proporcionalmente a jornada de trabalho e salário ou suspenderem temporariamente o contrato de trabalho.

De acordo com o ministro, o Governo estuda a renovação do programa. -Vamos renovar o BEm exatamente para garantir a manutenção de empregos. Estamos estudando um seguro-emprego que é, ao invés de esperar alguém ser demitido e pagar 1.100 reais após a pessoa ser demitida e ter uma garantia de cinco meses, nós queremos a garantia de 11 meses e onde nós pagamos 500 reais para pessoa continuar empregada ao invés de pagar para a pessoa ter sido demitida-, explicou Guedes.

Atividades Econômicas

Os dados do Caged revelam que houve um saldo positivo na geração de empregos nos cinco grupamentos de atividades econômicas:

Indústria geral: +90.431 postos de trabalho, sendo que a maior parte está concentrada na Indústria de Transformação com a criação de 87.162 postos;

Serviço: +83.686 postos, distribuídos principalmente nas atividades de Informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (+55.896 postos);

Construção: +43.498 postos de trabalho;

Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura: +32.986 postos postos de trabalho; e

Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas: +9.848 postos de trabalho.

Localização

Em janeiro de 2021, o Caged registrou ainda aumento nas cinco regiões, com destaque para o Sudeste, com um acréscimo de 105.747 empregos com carteira assinada, seguido pelo Sul (+83.587); Centro-Oeste (+35.741 postos); Nordeste (+28.420) e Norte (+6.937 postos).

Das 27 Unidades Federativas, 24 tiveram saldo positivo para geração de emprego. As maiores foram: São Paulo (+75.203), Santa Catarina (+32.077) e Rio Grande do Sul (+27.168 postos). Já os estados com menor saldo são: Alagoas (-198), Paraíba (-174) e Rio de Janeiro (-44).

Salário

O salário médio de admissão em janeiro de 2021 foi de R$ 1.760,14. Comparado ao mês anterior, houve aumento real de R$ 20,06, uma variação de 1,15%.

Texto: Governo do Brasil
Foto: Reprodução/Google

Compartilhe esta notícia:

Grupo Encantado de Comunicação


O Grupo Encantado de Comunicação - GECom - é integrado pelas Rádios Encantado, Onda 97 e Jornal Opinião Vale do Taquari.

Entre em contato


(51) 99988-1543

(51) 3751-1580

Redes Sociais


2021 © Lb Sistema de Comunicação do Vale Ltda. | Todos os Direitos Reservados